A cidade

O município fica localizado no Sudeste do Estado do Espírito Santo, compõe a microrregião Sudoeste Serrana e encontra-se situado em meio ao verde das Montanhas Capixabas. Domingos Martins é conhecido como Cidade do Verde por manter preservada parte da sua flora e pela exuberância da Mata Atlântica. O município mantém os traços de seus antepassados preservados por meio da gastronomia, música, dança, arquitetura e do artesanato, além do peculiar modo de vida.

 

Com uma excelente infraestrutura em hotéis e pousadas, o lugar é conhecido nacional e internacionalmente e recebe grande número de turistas durante o ano, especialmente quando chega a temporada de inverno. Possui projetos desenvolvidos de forma planejada e sustentável para promover melhor qualidade de vida para comunidade, melhor utilização do patrimônio natural e um destino turístico inesquecível aos visitantes. Na localidade de Pedra Azul, a paisagem e os monumentos naturais, o clima e as florestas são grandes atrativos e, em função da infraestrutura e do clima agradável, se diferencia em função dos condomínios e hotéis construídos, como parte de um grande investimento na região voltado ao turismo tendo como âncora o monumento da Pedra Azul, formação rochosa proeminente na paisagem.

 

A hospitalidade e o conforto de seus hotéis e pousadas com lazer, centros de convenções e acomodações confortáveis e a deliciosa gastronomia de alto padrão com especialidade na cozinha portuguesa, italiana, alemã, francesa e orgânica, além de quitutes regionais, são características dessa região de beleza indescritível. Os aspectos tradicionais da colonização italiana e os atrativos naturais contribuem para que a Pedra Azul seja a localidade com maior atratividade turística da região. Possui um dos três melhores climas do mundo, a segunda maior cobertura de Mata Atlântica do país e é a segunda praça turística do Estado. O turismo do município está baseado no agroturismo, ecoturismo e turismo de aventura.

turismodomingosmartins@gmail.com / casadoturista@montanhascapixabas.com – Casa da Cultura (27) 3268-2550 / Casa do Turista – (27) 3248-0035 (27)9 9693-0278

História e Cultura

A primeira leva de imigrantes da Alemanha chegou à capital do Espírito Santo no dia 21 de dezembro de 1846. Eles permaneceram alguns dias em Vitória e tiveram como destino a Colônia de Santa Isabel. Os colonos foram subindo as margens do Rio Jucu Braço Norte e se instalaram, em 27 de janeiro de 1847, na Serra da Boa Vista, no lugar denominado pelos índios Botocudos de Cuité. A primeira capela foi logo construída no morro de Boa Vista, onde pretendiam também construir a vila. Em 1852 a primeira igreja católica foi consagrada na vila de Santa Isabel. Entre os anos de 1858 e 1860, no lugar chamado Campinho, os luteranos iniciaram a construção de seu templo.

 

Em 20 de dezembro de 1921 o nome do município foi alterado para Domingos Martins em homenagem ao herói capixaba Domingos José Martins, que nasceu em 9 de maio de 1781 no município de Itapemirim e participou como líder da Revolução Pernambucana, tendo sido fuzilado em 12 de junho de 1817, na Bahia. Suas últimas palavras foram: “Morro pela liberdade”. No artesanato do município destacam-se: pintura Bauenrmalerei (pintura camponesa), Fensterbildern (murais e peças de madeira vazada), cascas de ovos pintadas, bonecos alemães de tecido e trajes típicos, crochês, tecelagem e objetos em madeira e em fibras vegetais, lã e tricô. Na agroindústria artesanal o destaque estão em doces, biscoitos, pães, licores, vinhos, geleias, queijos e iogurtes.

 

A gastronomia típica local é influenciada pelos alemães e italianos, sendo que a tradição alemã está presente em pratos como chucrute, chouriço feito com sangue e açúcar, mortadela, bisteca de porco, eisbein (joelho de porco), kassler (lombo de porco defumado), appfelstrudel (folhado de maça), entre outros. Já os italianos cultivam a tradição das massas, da polenta com linguiça e da macarronada com muito tempero e queijo. Nas tradições culturais, podemos citar: bandas de metais, concertina, corais, línguas (alemão, pomerano, hunsrückisch, italiano), culinária alemã e italiana, música alemã e italiana, danças típicas e casamento pomerano.

Como Chegar

A 64 quilômetros da capital Vitória. Acesso pela BR-101 Sul, BR-262 no sentido Vitória

Cultural Gastronômico Religioso

Antiga Estação Ferroviária Germânia

Inaugurada em 1 de janeiro de 1900, a Estação Germânia da Companhia Inglesa Leopoldina Railway CO mais tarde ficou conhecida como Estrada de Ferro Leopoldina, da Rede Ferroviária Federal S/A – RFFSA, que ligava Vitória ao Rio de Janeiro. Em 1921, quando o município de Santa Isabel recebeu nova denominação, a estação também passou a chamar-se Domingos Martins e recentemente, de acordo com lei municipal, é conhecida como Vale da Estação. O prédio é ponto de parada para o Trem das Montanhas Capixabas. O local é aberto para visitação e aos sábados, domingos e feriados funciona como ponto de apoio para comercialização de produtos caseiros e artesanais.

ENDEREÇO

Vale da Estação – Santa Isabel (7 km da Sede).

HORÁRIO

O local é aberto para visitação. Sábados, domingos e feriados funcionam como ponto de apoio para comercialização de produtos caseiros e artesanais.

TELEFONE

(27) 3268-1873

EMAIL

casadacultura@domingosmartins.es.gov.br

Casa da Cultura e Museu Histórico da Colonização Alemã

Foi inaugurada em 1983 e tombada pelo Patrimônio Histórico Estadual em 1986. No local há acervo de livros, documentos, fotografias, móveis, utensílios domésticos relativos à colonização alemã e italiana do município, além de sala de exposição temporária.

ENDEREÇO

Av. Presidente Vargas, 531, Centro, Domingos Martins.

HORÁRIO

Terça a Sexta (8h às 16h), Sábado e Domingo (10h às 16h)

TELEFONE

(27) 3268-2550

EMAIL

casadacultura@domingosmartins.es.gov.br

Feira Cidade do Verde

Venda de produtos artesanais e da agroindústria.

ENDEREÇO

Anexo a Praça Arthur Gerhardt - Av. Presidente Vargas, 531, Centro.

HORÁRIO

Sábados e Domingos - 9h às 17h

TELEFONE

(27) 3268-2550

EMAIL

casadacultura@domingosmartins.es.gov.br

Igreja Evangélica de Confissão Luterana

Primeira igreja evangélica a possuir torre no Brasil. Na época da construção, em 1866, a Constituição Imperial brasileira proibia torres nas igrejas evangélicas, só permitindo nas católicas. Foi inaugurada em 20 de maio de 1866 e tombada pelo Patrimônio Histórico Estadual.

ENDEREÇO

Praça Dr. Arthur Gerhardt

HORÁRIO

Aberto somente nos horários dos cultos.

TELEFONE

(27) 3268-1177

Marco da Colonização Alemã

Marco histórico que registra a presença do primeiro grupo de imigrantes na região de Domingos Martins. No início eram apenas uma vila e um cemitério inaugurada no ano de 1937. Atualmente, duas cruzes foram construídas em homenagem às 39 primeiras famílias que se instalaram na região, vindas da Prússia Renana em 1847.

ENDEREÇO

Localizado às margens da BR 262, km 34 - Distrito de Biriricas.

HORÁRIO

Acesso livre

TELEFONE

(27) 3268-2550

EMAIL

casadacultura@domingosmartins.es.gov.br

Monumento ao Colono Imigrante

Estátua construída em 1954 pelo escultor europeu Carlo Crepaz para homenagear os colonos alemães.

ENDEREÇO

Praça Dr. Arthur Gerhardt, Av. Presidente Vargas, Centro

HORÁRIO

Acesso livre

Paróquia de Santa Isabel

Fundada em 1850 e construída em estilo neogótico, como era costume das igrejas católicas do início do século XIX.

ENDEREÇO

Está localizada no distrito de Santa Isabel.

HORÁRIO

Somente nos horários da missas.

TELEFONE

(27) 3268-1194

EMAIL

paroquiasantaisabelisabel@yahoo.com.br

Pórtico da Cidade

Em arquitetura colonial, o pórtico foi construído em 1992 para embelezar a entrada da cidade.

ENDEREÇO

Rodovia Estadual João Ricardo Schorling. Acesso no Km 42 da BR 262.

HORÁRIO

Acesso livre

Praça Arthur Gerhardt

Um dos principais cartões postais da cidade, com canteiros, lago de peixe e miniatura de quitungo (fabricação artesanal de farinha de mandioca), é na Praça Arthur Gerhardt que acontece a maioria dos eventos da cidade.

ENDEREÇO

Av. Presidente Vargas - Sede

HORÁRIO

Acesso livre

Praça Domingos José Martins

Conhecida como “Praça da Biquinha”, onde as pessoas se deliciam com a água direto da bica.

ENDEREÇO

Rua Bernardino Monteiro, Centro.

HORÁRIO

Acesso livre

Ecoturismo Aventura

Fjordland - Cavalgada Ecológica Pedra Azul

O Fjordland oferece atividades baseadas em princípios ambientalmente responsáveis, com o lazer aliado à educação ambiental e ao desenvolvimento sustentável da região.

Passeio em cavalos noruegueses da raça Fjord, cafeteria, loja de souvenir, estábulo, auditório, biblioteca, cozinha escola, berçário de mudas, tulha e café orgânico Heimen.

ENDEREÇO

BR 262, km 88, Rod. Ângelo Girardi, km 2,2 - Pedra Azul – Aracê (Rota do Lagarto)

HORÁRIO

Segunda a sexta-feira - 8h às 17h De terça a quinta-feira, aberto para grupos pré agendados. Sábado - 8h às 19h domingo e feriados - 8h às 18h

TELEFONE

(27) 3248-0076/0054 ou 99836-3530

SITE

www.fjordland.com.br

EMAIL

cavalgada@cavalgadapedraazul.com.br

Hotel Fazenda China Park

Único teleférico do Estado; parque aquático com 7 piscinas, 2 toboáguas e cachoeira artificial; trenzinho; pesque-pague; mini-fazenda, caiaques, trilhas ecológicas; mirante e muito verde. Tudo isso em mais de um milhão de metros quadrados.

ENDEREÇO

BR 262, km 72, Victor Hugo - Aracê, Domingos Martins

HORÁRIO

Diário

TELEFONE

(27) 3288-4141 / 99983-6336

SITE

www.hotelfazendachinapark.com.br / Facebook: hotelfazendachinapark

EMAIL

reservas@parquedochina.com.br

Parque Estadual da Pedra Azul

O turista pode apreciar: as Pedra Azul, do Lagarto, e das Flores, espécies de orquídeas e bromélias, caminhadas pelo parque e escaladas, além de banho em piscinas naturais. Foi criado para proteger um conjunto de valores culturais entre os quais se destaca a Pedra Azul, de formação de granito e gnaisse a 1.822 metros de altitude, que pode ser vista desde a BR 262. Sua fauna é riquíssima, possuindo diversas espécies, tais como: macaco-prego, tatu, tamanduá de colete, jaguatirica, tucano, araponga, veado catingueiro, mão-pelada, trinca-ferro, sabiá, além de animais ameaçados de extinção, como o sagui da serra, a onça pintada e o barbado. A área do parque inclui vegetação rupestre e a Floresta Ombrófila Altimontana, e com espécies como orquídeas, bromélias, ingás, cedros, cássias, ipês, canjeranas, além de inúmeras variedades de canela. 

Trilha nível fácil: os turistas são conduzidos até a base da Pedra Azul, passando por mirantes onde podem se deslumbrar com lindas paisagens. O percurso é, em média, de 1,5 km, com duração em torno de uma hora (ida e volta)

Trilha nível médio/difícil: os turistas são conduzidos até as piscinas naturais escavadas sobre a rocha, com uma escalada de 97 m com auxílio de uma corda. O banho nas piscinas é uma opção de recreação no local. O percurso é, em média, de 3 km, com duração em torno de três horas (ida e volta).

A base dos guias fica a cerca de 800 metros da entrada do Parque e, até lá, a entrada de turistas é liberada. A partir deste ponto, somente pessoas acompanhadas pelos guias.

O parque não possui lanchonete em seu interior, por isso recomenda-se que o turista leve água e um lanche ou desfrute dos restaurantes, lanchonetes e cafés localizados nas proximidades. As trilhas possuem pontos de água potável e bancos para contemplação, descanso ou alimentação.

ENDEREÇO

BR 262, km 89, (Rota do lagarto, a 2 km da BR) – Pedra Azul - Aracê

HORÁRIO

segunda à sexta-feira. As trilhas são feitas em dois horários: às 09h30 e às 13h30. Sendo que nas terças, quartas e quintas-feiras as trilhas são destinadas exclusivamente às escolas. Caso não extrapole a quantidade limite de alunos, é possível incluir turistas no mesmo grupo. Sábados, domingos e feriados o parque fica fechado por determinação do IEMA – Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos.

TELEFONE

(27) 3248-1156 / (27) 99739-8005 (agendamento das trilhas com monitores)

EMAIL

pepaz@iema.es.gov.br / condutorespedraazul@gmail.com

Reserva Kautsky

Com uma área de 300 mil metros quadrados preservada de Mata Atlântica, possui aproximadamente 100 mil plantas. Na reserva há uma estrada flexuosa que chega até a Capela da União, idealizada como um templo ecumênico que une as duas religiões mais fortes em Domingos Martins: luterana e católica. Foi construída no ponto mais alto, com 850 metros e uma vista privilegiada, na qual é possível observar até a terceira ponte que liga as cidades de Vitória e Vila Velha. Com mais de 15 trilhas com diferentes características, pode-se observar espécies de orquídeas e bromélias, frutos do trabalho do orquidófilo Roberto Anselmo Kautsky, renomado botânico autodidata que passou grande parte de sua vida contribuindo para a preservação da fauna e flora brasileira.

ENDEREÇO

Pico do Eldorado, Sede - Domingos Martins

HORÁRIO

Visita guiada com pré agendamento.

TELEFONE

(27) 3268-2300

Secretaria de Estado do Turismo - SETUR/ES
Rua Inácio Higino, 1050/9° andar   •   Centro Empresarial Praia da Costa   -   Torre Leste
Praia da Costa, Vila Velha, Brasil. - CNPJ: 08.750.791/0001-89
CEP 29101-435   •   Tel (27) 3636-8026